http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/1483511.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5328002.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/9543243.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/2672794.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5706125.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5637346.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/6213337.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/6028008.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/9125619.jpg
Home
Português (Brasil)English (United Kingdom)
Entrada de turistas em Cabo Verde cai no terceiro trimestre de 2014
Sex, 05 de Dezembro de 2014 00:00   
O número de hóspedes em Cabo Verde diminuiu 17,4 por cento (%), e as dormidas decresceram 4,4% no terceiro trimestre de 2014, face ao período homólogo, revelam dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).
 
Em termos absolutos, no terceiro trimestre de 2014, entraram nos estabelecimentos hoteleiros menos 23.881 turistas, resultando numa diminuição de 36.049 dormidas, comparativamente ao trimestre homólogo.
 
De acordo com os dados estatísticos do terceiro trimestre de 2014, a hotelaria alojou 113.146 hóspedes que originaram 790.946 dormidas, correspondendo a decréscimos de -17,4% e -4,4%, respectivamente, face ao trimestre homólogo.

No período de Janeiro a Setembro deste ano, os estabelecimentos hoteleiros registaram 386.605 hóspedes e cerca de 2,5 milhões de dormidas, movimentos que se traduzem em decréscimos de -5,5% e -1,0%, respectivamente em relação ao mesmo período de 2013.
 
O principal mercado emissor de turistas, neste trimestre, continua sendo o Reino Unido com 22,7% do total das entradas, a seguir vêm Portugal, Alemanha, Itália e França, responsáveis por 16,5%, 12,3%, 7,0% e 6,8%, respectivamente.
 
Relativamente às dormidas, o Reino Unido também permanece no primeiro lugar com 30,9% do total, seguido de Alemanha (15,3%), Portugal (14,9%), e Países Baixos (8,1%).
 
A maioria dos turistas provenientes do Reino Unido preferiu como destinos as ilhas da Boa Vista e Sal representando, respectivamente 64,1% e 35,4% das dormidas por eles realizados e escolheram como local de acolhimento os hotéis, 99,8%, revelou o INE.
 
As dormidas dos residentes em Portugal distribuíram-se principalmente pelas Ilhas da Boa Vista (51,7%) e do Sal (37,8%). Os hotéis foram os tipos de estabelecimentos mais procurados pelos portugueses, representando cerca de 96,6%.
 
Os de Alemanha escolheram também, como destino principal a ilha da Boa Vista (57,5%), em seguida a do Sal, representando 39,7% das dormidas. Preferiram, também, os hotéis como o principal tipo de alojamento, representando 96,6%.
 
Ainda, segundo os dados apurados pelo INE, os visitantes provenientes do Reino Unido foram os que tiveram maior permanência média em Cabo Verde no trimestre em análise (9,4 noites).
 
A seguir estão os provenientes dos Países Baixos e da Alemanha com 8,9 e 8,5 noites, respectivamente. Os cabo-verdianos residentes permaneceram, em média, 2,4 noites nos estabelecimentos hoteleiros.
Durante o terceiro trimestre de 2014, em média, a taxa de ocupação-cama a nível geral, foi de 50%, contra os 54% registados no trimestre homólogo.
 
As ilhas da Boa Vista e do Sal tiveram as maiores taxas de ocupação – cama com 83% e 48%, respectivamente.
 
Os hotéis foram os estabelecimentos hoteleiros com maior taxa de ocupação – cama, 60%. Os aldeamentos turísticos e as pousadas seguem-se, com 28% e 21%, respectivamente, confirmaram os dados estatísticos.
 
Fonte: Expresso das Ilhas
 

Contactos

Tel:  +238 251 9200

Fax: +238 251 1615

info@sdtibm.cv

Comunicações SDTIBM