http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/1483511.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5328002.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/9543243.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/2672794.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5706125.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/5637346.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/6213337.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/6028008.jpg http://sdtibm.cv/components/com_gk2_photoslide/images/thumbm/9125619.jpg
Home
Português (Brasil)English (United Kingdom)
OMT destaca mais 27% de chegadas de turistas em Cabo Verde
Qui, 30 de Maio de 2013 09:54   

A Organização Mundial do Turismo (OMT) destaca no seu relatório de 2012 o ligeiro aumento das chegadas de turistas internacionais em África, na ordem de 1%. A África subsaariana ganhou mais dois milhões de chegadas (7%), com Cabo Verde a registar o mais rápido crescimento com mais 27% . O balanço da OMT indica ainda que as receitas do turismo internacional aumentaram 2%, com os Estados Unidos da América (EUA) a liderar a listas dos países que mais facturaram com o turismo.

Os dados disponibilizados pela OMT apontam para um crescimento da procura pelos destinos na África subsaariana (7%), que compensou quase totalmente as perdas no Norte da África (-9%), provocadas pela transição política na Tunísia, que sofreu uma quebra de 31% nas chegadas. Cabo Verde destaca-se com um crescimento de 27%, seguido pela Argélia (16%), Madagáscar (15%), Ilhas Reunião (12%) e Seychelles (11%).

A nível global, as chegadas de turistas internacionais em todo mundo aumentaram a uma taxa de 5% nos primeiros quatro meses, consolidando a tendência que começou em 2010. A OMT explica que ao longo das últimas seis décadas, o turismo tem experimentado uma expansão contínua e diversificada, tornando-se o sector a registar o maior crescimento no mundo.

Outra novidade foi o surgimento de novos destinos, sobretudo a nível dos mercados emergentes, desafiando os tradicionais da Europa e da América do Norte. A longo prazo – 2010 a 2030 -, a OMT perspectiva um aumento das chegadas de turistas em todo mundo na ordem dos 3,3% ao ano, em média. Isso representa cerca de 43 milhões de chegadas a mais a cada ano, atingindo um total de 1,8 mil milhões em 2030.

A maioria das viagens foram por via aérea e tiveram por finalidade o lazer, recreio e férias. Cerca de 15% dos turistas internacionais viajaram para negócios e motivos profissionais e 27% para visitar amigos ou parentes, razões religiosas e romarias e tratamento médico. As receitas do turismo atingiram um recorde de 1,030 mil milhões de dólares nos EUA, superando os 927 milhões do ano anterior. Mas, a Europa continua a deter a maior quota das receitas do turismo internacional com 45% de participação.

O top ten dos destinos turísticos mundiais é liderado pela França, seguido por EUA, China, Espanha, Itália, Turquia, Inglaterra, Alemanha, Malásia e México. Já a nível das receitas, a lista é liderada pelos EUA, Espanha. Em segundo lugar aparece a França, seguido por China, Itália, Inglaterra, Alemanha, Malásia, Austrália, Macau (China) e Hong Kong (China).

Fonte: A Semana

 

Contactos

Tel:  +238 251 9200

Fax: +238 251 1615

info@sdtibm.cv

Comunicações SDTIBM